Blog Vigilantes da Autoestima

Dia 103 – Quando perdemos a menininha dos doces que havia em nós?
Comentários 2

Gisela Rao

Enquanto o mundo espalha uma saraivada de ódios e repulsas aos refugiados e imigrantes que procuram desesperadamente uma chance de (sobre)viver, uma menininha espalha doces e alegria por alguns segundos no sul da Itália.

Foto via Catraca Livre

Foto Jan Pelissier

Enquanto isso, no Brasil, pessoas lindas disponibilizam seu tempo – di grátis – para um projeto virtual que está nascendo para matar o preconceito no nosso país. São eles Jessica Dulger (intérprete),  Ana Teixeira (intérprete), Surama Chaul (jornalista), (Bruna Duarte (fotógrafa), Renato Gonçalves (planner) e Wagner Tamanaha (social media).

11295613_10206927997421000_1325799573090212420_n10426786_10202332572750763_4985244243011364231_n11158111_10204228725744611_1458407661_n983843_10205475311749562_8927608532690011341_n11054513_1073285322684828_2314203098443523904_n267677_10150216722384821_6979970_n

Eu não sei exatamente quando foi que grande parte de nós perdeu a menininha italiana que nasce com a gente. Quando foi que deixamos de amar o próximo, de ter compaixão, de sofrer junto, de distribuir doces? As histórias que ouvimos dos refugiados no sábado passado esfregou nosso coração num ralador de queijo. Pessoas ameaçadas de morte por defenderam a liberdade e que precisam fugir e deixar a família par atrás, pessoas que descem de um navio e descobrem – enfim – em que país chegaram – sem dinheiro, sem falar a língua, mas carregando um diploma universitário e o que sobrou da dignidade -, famílias que tentam proteger seus filhos fugindo de sua cidade alvo de uma saraivada de bombas, gente que perdeu a casa e a família no terremoto do Haiti…

Não, nunca saberemos o que é isso. A não ser que se olhe bem dentro dos olhos de cada uma dessas gentes-como-a-gente e encontre lá a nossa própria e única alma universal.

Para o alto e avante!

“Aquele que é capaz de se amar a si próprio é capaz de amar os outros; aquele que aprendeu a superar o desprezo por si próprio superou o seu desprezo pelos outros'' – Paul Tillich

++++++++++++++++++

BLOG VAE RECOMENDA!

Conutre-convite


Dia 102 – Dance quando estiver com medo
Comentários 4

Gisela Rao

> Blog VAE volta 17h :  )

O encontro do VAE 2015, com a psicóloga Neiva Bohnenberger, mais uma vez tocou lá nos sinos da nossa alma. O tema desse vez foi “Prosperidade Emocional''. Que diabos é isso? É uma coisa que eu inventei baseada na minha própria história de vida. Não dá pra ter um emocional saudável se a gente fica se agarrando às mágoas, raivas e, principalmente, aos medos.

11541949_900915599957600_3923589947931183450_n

A verdade é que nós brasileiros vestimos o medo todo dia antes de sair de casa. A gente tem medo de ser assaltada, de chegar atrasada com esse trânsito, de mudar de profissão, de perder o emprego, de ficar sem dinheiro… Esses últimos têm aumentado muito com o quadro econômico que a gente vê por aí. Você sabia que 70% dos brasileiros estão insatisfeitos com seu emprego ou trabalho? E, provavelmente, a maioria continua assim por cag$%@# de mudar, de ir além. É por isso que vou dedicar esse post a duas pessoas que admiro muito.

Antonio Vieira foi meu namorado – e grande paixão – quando eu tinha 15 anos. Eu tive o prazer (bíblico hehe) de reencontrá-lo nesses últimos meses. Ele trabalhava na área de engenharia química, largou, e criou a 'Alecrim Dourado Cozinha Saudável'. Como ele é e sempre foi mega preocupado com a saúde física, desenvolveu – junto com sua irmã – kits de pratos super balanceados, com pouca gordura, sódio, usando alimentos frescos, integrais pra gente como a gente que não tem tempo de cozinhar e de se cuidar nutricionalmente. E o que é melhor: preço para brasileiro hehe. Simplesmente amei e encomendo quando fico em São Paulo (entrega em casa :  )

http://zip.net/bnrs5H (Tel: 011 2157-9639)

1972412_630983766936970_102638467_n11249921_721082208002681_4377181382357412852_n11653272_835010069867671_124482315_n10505388_728020187308883_3660970813209593963_n

Fabio Barbiero (e a querida Luciana Biazola) trabalhava na área da informática e seu mega ultra uber sonho era conseguir a cidadania italiana e morar na Itália. Adivinhe onde ele está agora? Pois é! Depois de uma verdadeira SAGA, Fabio mora na Itália, ajuda centenas de brasileiros a conseguirem suas cidadanias e lançou dois livros muito legais e explicadinhos nos seus mííííínimos detalhes :  )

http://www.minhasaga.org/

64610_10151115768736927_1780353813_n2-revised-884x102491mbCRtA5lL._SL1500_

Ao final do encontro do VAE, a Neiva pediu que dançássemos ao som dessas frases do poeta Rumi:

By Annie dos Ventos

By Annie dos Ventos

E eu acrescento mais uma coisa, convido você a dançar quando estiver com medo. Quem dança seus medos espanta :  )

Para o alto e avante!

++++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, 

na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2 ou http://www.matrixeditora.com.br

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias

++++++++++++++++

COLUNAS DA GISELA RAO  NO ATMOSFERA FEMININA

> Três dicas pra se dar melhor no amor http://zip.net/bmrrCR

> Atitudes que podem mudar seu casamento  http://zip.net/bfpBMQ

> Por que deletamos o pause?  http://zip.net/btqwdL

> Você agradece o seu dinheiro? http://zip.net/brncl7

> Se não hoje, quando? – http://migre.me/eVKJy

giselarao@uol.com.br


Dia 101- Pelo direito de não ser uma xerox
Comentários 1

Gisela Rao

Johanna é uma graça de menina que conquistou o mundo todo em uma performance com a música da cantora Aretha Franklin. Aliás, até a própria Aretha comentou que a garotinha é fera. Mas o que ela fez afinal? Ela simplesmente abandona a coreografia xoxa e inova, com passos firmes, divertidos, diferentes do combinado com as outras garotinhas. Ela simplesmente se recusou a ser uma cópia.

w

Por que estou falando dela? Porque quando se é criança, o inovar, o fazer diferente, o ser espontâneo é fofo, mas quando se cresce tudo isso vira “maluquice''. Por que?

Como citei no post anterior, há uns dias fui ao programa do Jô. Quando fui procurar a descrição da entrevista, encontrei a seguinte citação: “Gisela Rao é escritora, blogueira e maluquinha''. Pois é, no site do programa! Falei com a produtora e eles tiraram correndo. Por que viramos “maluquinhos'' quando somos engraçados e espontâneos quando crescemos? Será que é por que não viramos xerox dos outros? Por que desafiamos normas? Por que confiamos mais na emoção do que na razão? E o que é pior: por que não enterramos nossa criança interna?

Se você gostaria de soltar a sua franga, mas fica meio-assim, te convido a vir no primeiro encontro do VAE 2015 : ) Lá, vamos trabalhar todas as emoções entaladas no nosso coração. E, acredite, estamos precisando!

44fdog

Para o alto e avante!

++++++++++++++++++

ENCONTRO DO VIGILANTES DA AUTOESTIMA

Com Gisela Rao e a psicóloga Neiva Bohnenberger sobre Autoestima e Prosperidade Emocional. Vamos trabalhar nossas alegrias, tristezas, medos, raivas, desejos, esperanças & cia

Dia 20 de junho – sábado – das 15:30 às 18:30h

Bairro Higienópolis – São Paulo

Investimento: R$ 49,00 com comes e bebes

VAE 30102010 37

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, 

na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2 ou http://www.matrixeditora.com.br

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias

++++++++++++++++

COLUNAS DA GISELA RAO  NO ATMOSFERA FEMININA

> Três dicas pra se dar melhor no amor http://zip.net/bmrrCR

> Atitudes que podem mudar seu casamento  http://zip.net/bfpBMQ

> Por que deletamos o pause?  http://zip.net/btqwdL

> Você agradece o seu dinheiro? http://zip.net/brncl7

> Se não hoje, quando? – http://migre.me/eVKJy

giselarao@uol.com.br


Dia 100 – “A força da grana que destrói coisas belas”
Comentários Comente

Gisela Rao

Me mudei para São José dos Campos por três motivos: ter mais qualidade de vida, cansei de ser explorada em São Paulo ($) e porque adorei a terra do meu marido. Em três anos moramos em três bairros: um muito afastado do comércio, um próximo demais e o outro perfeito. O perfeito tem essa vista maravilhosa que corresponde ao famoso Banhado. Aqui, é onde as pessoas vêm ver o pôr do sol, onde os namorados se olham nos olhos, onde os amigos se encontram na paz.

IMG_6804IMG_6762

Acontece que a força da grana quer fazer uma avenida bem nesse local espetacular, alegando trânsito no Centro. Gente, pára tudo. Eu sou de São Paulo e nunca vi algo que possa realmente ser chamado de trânsito aqui. Mas a força da grana não se importa com tudo o que citei acima, nem com a natureza e muito menos com as 400 famílias pobres e entaladas na garganta da prefeitura que moram aqui e que serão desabrigadas.

A verdade é que estamos sempre fugindo cada vez mais para longe, mas a força da grana está sempre nos encontrando e trazendo todas as porcarias e as descompaixões da erva verde do diabo. Mas cansei de fugir e vou me unir ao coro dos Joseenses que acredita que – por uma boa causa – “um Samurai morre lutando''.

#banhadoresiste!

Para o alto e avante!

++++++++++++++++++

ENCONTRO DO VIGILANTES DA AUTOESTIMA

Com Gisela Rao e a psicóloga Neiva Bohnenberger sobre Autoestima e Prosperidade Emocional. Vamos trabalhar nossas alegrias, tristezas, medos, raivas, desejos, esperanças & cia

Dia 20 de junho – sábado – das 15:30 às 18:30h

Bairro Higienópolis – São Paulo

Investimento: R$ 49,00 com comes e bebes

11351396_892732417442585_8170972813567295812_n

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, 

na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2 ou http://www.matrixeditora.com.br

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias


Dia 99 – O mundo gira quando a fé roda
Comentários 3

Gisela Rao

uita gente acha o Paulo Coelho cafona e/ou mau escritor, mas eu acho que o seu livro “Alquimista'' ainda é a melhor opção para quando você pensa em jogar seus sonhos e esperanças na lata de lixo reciclável. A verdade é que o mundo está virado no Jiraya e isso está fazendo a gente ficar com medo, insegura e desanimada – o que é a pior coisa que pode acontecer tanto pra saúde quanto para a roda da fortuna. Sendo assim, sigo acreditando piamente na frase do livro de Paulo que diz que o “Universo conspira a favor''. E por uma incrível “coincidência'' as coisas acabam dando certo.

Semana passada foi ao ar a minha quinta entrevista com o Jô Soares (http://zip.net/bxrpXF)

Foto Paulo Martins

Foto Ricardo Martins

Eu poderia “estar-me-achando'', mas não, eu sou só uma escritora, o Universo, sim, que é um cara sempre generoso.

O Universo ser generoso ajuda muito, mas também ajuda jamais perder a fé no que se acredita, no que se quer, nos valores éticos que a sua mãe ou pai te ensinaram e, principalmente, nunca esquecer de perceber os sinais que estão sempre à nossa volta. E, nossa, como isso anda difícil com esse Katrina de mensagens, informações e pensamentos que inunda a nossa mente.

Ir ao Jô novamente e receber tantos emails de pessoas precisando de um sopro na autoestima, me fez reativar os encontros pessoais do VAE. Será o primeiro de 2015 e nosso tema principal será a Prosperidade Emocional. Porque as emoções ricas como autoconfiança fé, esperança, compaixão, autoestima e alegria são quem fazem o mundo girar. E são elas que a gente quer que sejam eternas (sem deixar, é claro, de respeitar e honrar nossos momentos de tristeza, raiva etc etc ).

Quando bater a paúra, lembre do mantra “O Senhor é meu Pastor e nada me faltará''. Ajuda pra caramba. Se  você não tem uma herança católica como eu, troque por  “Pastor'' por Alá, Buda, Bumba-Meu-Boi, Obama, Ibama, Nestor… o que você quiser hehe.

Venha ao encontro do VAE. Será uma imensa alegria rever a(o)s amiga(o)s e conhecer novas e incríveis pessoas!

Fogo eterno - Paula Rocha

Fogo eterno (YAZD) –  Foto Paula Rocha

Para o alto e avante! 

> Todas as pessoas que ajudaram quando precisei pagar as despesas do hospital da gata Cinza são minhas convidadas : ) <

++++++++++++++++++

ENCONTRO DO VIGILANTES DA AUTOESTIMA

Com Gisela Rao e a psicóloga Neiva Bohnenberger sobre Autoestima e Prosperidade Emocional

Dia 20 de junho – sábado – das 15:30 às 18:30h

Bairro Higienópolis – São Paulo

Investimento: R$ 49,00

VAE 30102010 37

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

PALESTRA: GENEROSIDADE. UM PASSO PRA FELICIDADE

Palestra interativa, com Gisela Rao, sobre o poder da ação humanitária na felicidade e na nossa saúde física e mental. Formato para empresas, escolas, hospitais – entre outros.

11262417_883844051664755_3647041084985614627_n

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, 

na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2 ou http://www.matrixeditora.com.br

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias


Dia 98 – Vc está vivendo dois meses a menos por ano!
Comentários 1

Gisela Rao

O filho do publicitário Jarbas Agnelli, instalou no celular dele um aplicativo – Moment –  que conta sacanamente quanto tempo a gente fica mergulhado na internet. Ele descobriu que está deixando de viver a vida como ela é dois meses por ano! Provavelmente isso também acontece com a gente.

Coincidentemente, essa semana vim para São Paulo e resolvi viver a vida adoidado. Assisti à mega super engraçada peça com a Marília Gabriela (Vania, Sonia, Masha e Spike – teatro Faap).

IMG_0338

Pude viver, junto com o fotógrafo André  Liohn, a beleza da solidariedade no horror das guerras na Líbia e Somália (biblioteca Villa-Lobos).

 IMG_0332

Apresentei o TEDx São Paulo, com a curadoria da super Elena Crescia :  )

IMG_032111350562_10207063219564211_6664217018943953_n

Me diverti dançando com os idosos no projeto Dança Senior, com Eduardo Campos Rodrigues.

 FullSizeRender (21)

Me esbaldei no curso de recreação da Roseli Gentil (Cruz Vermelha)

 FullSizeRender (19)

E tive o prazer de conhecer os padres Paolo Parise e Antenor, da Igreja do Glicério, que estão dando uma tremenda força para os imigrantes e refugiados atrás de uma vida mais digna.

FullSizeRender (20)

Então, a partir de agora, pense bem no tempo enorrrrme que você fica curtindo uma pataquada de bobagens no facebook ou no tempo que você joga fora postando a foto da banana frita que você comeu no almoço ;  )

Para o alto e avante!

“Graças à vida que me deu tanto

Me deu o ouvido que em todo seu alcance

Grava noite e dia grilos e canários

Martelos, turbinas, latidos, aguaceiros

E a voz tão terna de meu bem amado'' – Violeta Parra

++++++++++++++++++

ENCONTRO DO VIGILANTES DA AUTOESTIMA

Com Gisela Rao e a psicóloga Neiva Bohnenberger sobre Autoestima e Prosperidade Emocional

Dia 20 de junho – sábado – das 15:30 às 18:30h

Bairro Higienópolis – São Paulo

Investimento: R$ 49,00

VAE 30102010 37

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

PALESTRA: GENEROSIDADE. UM PASSO PRA FELICIDADE

Palestra interativa, com Gisela Rao, sobre o poder da ação humanitária na felicidade e na nossa saúde física e mental. Formato para empresas, escolas, hospitais – entre outros.

11262417_883844051664755_3647041084985614627_n

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, 

na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2 ou http://www.matrixeditora.com.br

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias


Dia 97 – A compreensão dá um tapa na ignorância
Comentários 2

Gisela Rao

 

Tem duas pessoas que admiro muito no momento: Padre Paolo Parise e Marcelo Haydu. Um, recebe centenas de imigrantes (principalmente do Haiti) na Igreja do Glicério (SP); o outro tem o Instituto de Reintegração do Refugiado (ADUS) e recebe pessoas da África, Síria e de lugares onde a vida está por um fio.

Padre Paolo (Folha de S. Paulo)

Padre Paolo (Folha de S. Paulo)

Marcelo Haydu e galera da África

Marcelo Haydu e galera da África

Casal de sírios

Casal de sírios

Família da RDC

Família da RDC

Comecei a me interessar por esse assunto há 1 ano, provavelmente porque mexe com meu Complexo de Rejeição. Não, não consigo pensar em alguém mais rejeitado e em uma situação mais difícil do que os imigrantes e refugiados. E que injustiça! Os preconceitos são vários, mas preconceito é o rei da ignorância. E esse post pretende rebater todos:

1- Refugiado e imigrante não tem capacitação – Errado! A gigantesca maioria têm uma profissão. O Alphonse, por exemplo, que você verá abaixo fala inglês, francês e português. São pessoas que tiveram que sair de seu país de origem por estarem sendo perseguidos por motivos de raça, religião, opinião política, orientação sexual, nacionalidade ou associação a determinado grupo social.

2- Os refugiados vão roubar nossos empregos – Errado! Saiba que o dobro de brasileiros está morando, nesse momento, em outros países.

3- Os refugiados trazem doenças – Afe! Nem vou perder meu tempo comentando essa

4- Os refugiados vão me assaltar – Eles não são criminosos. Uma das condições para que uma pessoa tenha seu pedido de refúgio reconhecido é não ter cometido crime em seu país de origem ou em quaisquer outros locais.

5- Eu não tenho nada e ver com essa gente – Errado! É por pensar assim que o mundo está indo pro ralo. Lembre-se de que seu bisavô ou avô provavelmente também foi um refugiado ou imigrante sem eira-nem-beira como o meu hehe

Nesse sábado, fomos conhecer a ONG do Marcelo Haydu porque, junto com a Luciana Maltchick, tenho um projeto que espero que ajude bastante a reintegração dessa gente tão sofrida, tão inteligente e tão legal.

Refugiados de várias partes do mundo

Refugiados de várias partes do mundo

Graaaande Alphonse Nyembo

Graaaande Alphonse Nyembo

“Qualquer forma de amor é um trabalho de paz'' – Madre Teresa de Calcutá

 Para o alto e avante!

+++++++++++++++++

Você pode ajudar também:

http://www.adus.org.br/

Igreja do Glicério: Rua Glicério, 225 – Liberdade – (11) 3340-6950

++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias

++++++++++++++++

COLUNAS DA GISELA RAO  NO ATMOSFERA FEMININA

> O lado bom da impulsividade http://zip.net/bwqVyV

> Atitudes que podem mudar seu casamento http://zip.net/bfpBMQ

> Por que deletamos o pause?  http://zip.net/btqwdL

> Você agradece o seu dinheiro? http://zip.net/brncl7

> Se não hoje, quando? – http://migre.me/eVKJy

giselarao@uol.com.br


Dia 96 – A imperfeição é o “cara”
Comentários 4

Gisela Rao

Minha super cliente é a empresa Sanofi, com quem trabalho há 5 anos. No outro domingo, fui dormir à tarde e acordei às 6 pm. Enquanto eu lavava o rosto, pensei que um dia poderia apresentar o Prêmio Medical Services (menina dos olhos da Sanofi). Cinco minutos depois, entrei no face e havia um recado da Renata Nunes dizendo que o apresentador oficial (Wellington Nogueira) estava doente e perguntando se eu poderia substituí-lo. Tomei um susto. O que é a mente e seus mistérios… Fiquei chateada pela Wellington, que conheço de loooongas datas, mas claro que eu aceitei e claro que eu não tinha um sapato de salto alto. Fui correndo comprar. O vestido eu tinha. O mesmo que usei no réveillon e no meu casamento civil hehe.

O evento era no dia seguinte e mal deu tempo de entender a mecânica do roteiro. Detalhe: a Diretora de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa e o novo Presidente da Sanofi estariam ali na primeira fileira, bem na minha frente.

s

Pensei que seria um esquema parecido com as minhas palestras, só que não. Metade da platéia era formada por médicos sérios pra caramba. Mandei a primeira piada, ninguém riu. Mandei a segunda piada, ninguém riu. Eu já me vi assando na fogueira, mas aí comecei a me atrapalhar toda com o teleprompter, vulgo photoshop da memória. Então, comecei a rir da minha própria atrapalhação e o gelo foi quebrado. Quando isso aconteceu pude ficar confortável sendo eu mesma: 0 convidado trapalhão hehe. Me atrapalhei muitas vezes até o final do evento, inclusive mandando a platéia par acasa antes do tempo e tendo que voltar atrás : | Mas foi muito divertido e muita gente veio me parabenizar depois, incluindo o staff hehe.

20124610

Tem duas coisas legais aí. Confirmar que não existe algo que dê mais certo na vida do que ser você mesma(o); e como as pessoas se identificam com a imperfeição. Todos nós sabemos que trupicamos em muitas coisas o tempo todo, mas a gente esconde por vergonha e nem imagina como seria bom pro Planeta se assumisse o nosso próprio poema-em-linha-reta-de-Fernando-Pessoa.

“Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe – todos eles príncipes – na vida…

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
Ó príncipes, meus irmãos,

Arre, estou farto de semideuses!'' – Fernando Pessoa

Agradeço à Sanofi por ser minha grande parceira nesses anos, por sempre apoiar meus projetos e, principalmente, por aceitar meu jeito Gisela Rao de ser. Você acha isso fácil? Uma vez um cliente pediu para eu não ir em uma reunião onde estaria o novo Presidente porque eu era muito alegre hahaha.

Para o alto e avante!

++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias

++++++++++++++++

COLUNAS DA GISELA RAO  NO ATMOSFERA FEMININA

> O lado bom da impulsividade http://zip.net/bwqVyV

> Atitudes que podem mudar seu casamento http://zip.net/bfpBMQ

> Por que deletamos o pause?  http://zip.net/btqwdL

> Você agradece o seu dinheiro? http://zip.net/brncl7

> Se não hoje, quando? – http://migre.me/eVKJy

giselarao@uol.com.br


Dia 95 – Por que é tão difícil ‘des-eusar-se’
Comentários 2

Gisela Rao

 

Quando estive no Congo, praticamente participei de um Big Brother com mais 12 pessoas na casa, durante 40 dias. Na minha opinião, a coisa mais importante em viagens é se autoconhecer. Dentro disso, um dos colegas de trabalho fez uma observação: “você usa muito 'eu' nas conversas''. Comecei a prestar atenção e vi que ele tinha razão. Não tinha me dado conta. Mas fico me perguntando se isso é uma mania só minha.

Na semana passada, no Facebook, contei 10 selfies seguidos, de pessoas diferentes, na página inicial. Chega a cansar. Por algum motivo o “eu'' assumiu o poder. É muito difícil contar alguma coisa sem que o outro emende um “Comigo também…'' ou coisa do gênero. O ruim é que prestamos menos atenção nos outros, não validamos seu sentimento e a vida vai ficando mais murcha e desinteressante. Mas tem gente nadando na contramão. É o caso da artista plástica Marina Abramovic. Ela estava com uma exposição em São Paulo e as pessoas podiam se inscrever em um método  onde o visitante ficava 2 horas e meia sem falar. Eu me inscrevi para esse domingo passado, mas arreguei. Amarelei de ficar nua e crua diante de mim mesma, sem ego.

39010

Aliás, estou fugindo desse encontro com minha consciência, minha alma faz tempo. Pois só assim sei que encontrarei respostas para um assunto muito importante. Acabo me perdendo pelos filmes, ou internet da vida, ou me atracando a mim mesma e tentando mostrar pras pessoas como sou legal. Ego!

Me desafiei a ficar essas 2 horas e meia em silêncio, em casa mesmo, dentro da barraca de camping que a gente tem, como um útero. Útero esse da mãe onde fazíamos tão bem esse negócio de ficar em silêncio – sem saber de nós mesmos. Topa o desafio também?

Para o alto e avante!

“O MEU DIA FOI O MAIS DESONESTO E BANAL POSSÍVEL: FUI A ACADEMIA, FEIRA, LAVEI MINHA FARTA CABELELEIRA E SEQUEI, TOMEI SUCO, COMO NÃO QUESTIONO MORALIDADE, POIS ISSO SERVE PRA QUÊ? NÃO É DE COMER!
REVERBEREI, REVERBEREI, TE/VOS DELETEI (MEIO MUNDO DE GENTES BOAS DEMAIS!).
DEI OUVIDOS ÀS MINHAS AMORALIDADES E DEITEI COM A INTENÇÃO DE CONTINUAR A LEITURA DE UM LIVRO.
E ME APAGUEI VESTIDO (GERALMENTE DURMO NÚ), ACORDEI PENSANDO QUE ERA TARDE DA NOITE, E NA MINHA ESTUPIDEZ TOMEI DECISÕES SEM PENSAR.

FIZ CAFÉ COM LEITE E COMI ROSQUINHAS. MAS NÃO BATEU BEM DE BARRIGA VAZIA E ESTOU COM ÂNSIA DE VÔMITO.
UM ANJO DESCEU E ME DISSE QUE ESTOU GRÁVIDA DE JESUS. TOMEI UM ANTIÁCIDO E PRETENDO COMPRAR FRANGO ASSADO PRO DOMINGO QUE VEM (NÃO EXISTE O CÉU PARA OS GORDOS; “TODOS OS ANJOS E SANTOS SÃO MAGROS!'' . O JUDAS TADEU (É SANTO DO QUE?) OUVIR AS MINHAS PRECES! VOU ACENDER PRO EXPEDITO TAMBÉM PARA GARANTIR A GELADEIRA CHEIA DE CERVEJA E FEIJÃO COM O REMÉDIO DA GRIPE AO LADO DO PINGUIM. GENTE DESCOBERTA E DESONESTA TAMBÉM ORA, SONHA E COME E GARANTE ATÉ A FAROFA!
JÁ ESTOU NO INFERNO, PERO FIQUEI MAGRO! E VOCÊS QUE AQUI LÊ, TODOS REDONDOS, WHY?
AMÉM Y TOTAL ECLIPSE OF MY HEART'' – Marcio Branquinho, um poeta genial do Facebook que sabe se desnudar como ninguém.

10556438_10152630595353498_1546881093572469732_n

https://www.facebook.com/marcio.branquinho

++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias

++++++++++++++++

COLUNAS DA GISELA RAO  NO ATMOSFERA FEMININA

> O lado bom da impulsividade http://zip.net/bwqVyV

> Atitudes que podem mudar seu casamento http://zip.net/bfpBMQ

> Por que deletamos o pause?  http://zip.net/btqwdL

> Você agradece o seu dinheiro? http://zip.net/brncl7

> Se não hoje, quando? – http://migre.me/eVKJy

giselarao@uol.com.br


Dia 94 – Síndrome do Des-feitiço do Tempo
Comentários 2

Gisela Rao

> Blog VAE volta 15h :  )

Cheguei da inigualável experiência na África há 20 dias e já estou com a alma dançando Pole Dance, inquieta, pensando em qual será a próxima viagem. Às vezes, me pergunto por que não sou como tantas outras pessoas que curtem sossegadamente suas vidas pacatas. Curtem a casa, a família, o cachorro, a padaria do bairro, o shopping no fim de semana… e está tudo certo. Ontem, conversando com R.G., pensei que talvez nós dois tenhamos a 'Síndrome de Des-feitiço do Tempo'. Lembrando que 'Feitiço do Tempo' é o nome do filme em que o protagonista acorda em um dia que se repete, se repete, se repete…  Eu tenho essa coisa ao contrário no dia a dia – e R.G. no amor. O cotidiano não foi feito para nós. Ele quer mais que uma relação certinha, sempre igual, e eu quero mais do que acordar, comer, trabalhar, ver TV, dormir. Fico imaginando se isso acontece porque realmente somos pessoas sempre em fuga ou porque temos mesmo uma alma que se nutre do novo, com ânsia eterna de transformação.

Lendo o recém-lançado livro 'Jovem o Suficiente' – do lindo-em-todas-as-dimensões Felipe Gaúcho, cheguei à conclusão de que não estou sozinha nessa jornada que está sempre em busca, que sempre encontra, e que parte para uma nova busca. Felipe juntou dinheiro de todos os jeitos para fazer uma volta ao mundo aos 19 anos. A citação de início do livro já deixa tudo claro: 'Sinto-me nascido a cada momento para a eterna novidade do mundo' (Fernando Pessoa, o desassossegado mor hehe). Já disse aqui uma vez e vou repetir: sair da zona de conforto dói, mas liberta a alma. Se um pássaro na gaiola, um animal no zoológico já é uma das maiores sacanagens da vida, imagine uma alma no calabouço do mesmismo.

Jovem-o-suficiente-254x381

10849921_777098362325523_5755414223625168184_n

“Eu devia estar contente
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeiros
Por mês

Eu devia agradecer ao Senhor
Por ter tido sucesso
Na vida como artista
Eu devia estar feliz
Porque consegui comprar
Um Corcel 73

Eu devia estar alegre
E satisfeito
Por morar em Ipanema
Depois de ter passado fome
Por dois anos
Aqui na Cidade Maravilhosa

Ah!
Eu devia estar sorrindo
E orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa

Eu devia estar contente
Por ter conseguido
Tudo o que eu quis
Mas confesso abestalhado
Que eu estou decepcionado

Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto “E daí?''
Eu tenho uma porção
De coisas grandes pra conquistar
E eu não posso ficar aí parado

Eu devia estar feliz pelo Senhor
Ter me concedido o domingo
Pra ir com a família
No Jardim Zoológico
Dar pipoca aos macacos

Ah!
Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro
Jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco

É você olhar no espelho
Se sentir
Um grandessíssimo idiota
Saber que é humano
Ridículo, limitado
Que só usa dez por cento
De sua cabeça animal

E você ainda acredita
Que é um doutor
Padre ou policial
Que está contribuindo
Com sua parte
Para o nosso belo
Quadro social

Eu é que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentes
Esperando a morte chegar

Porque longe das cercas
Embandeiradas
Que separam quintais
No cume calmo
Do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora
De um disco voador'' – Raul Seixas

Para o alto e avante!

+++++++++++++++++

BLOG VAE INDICA

Se você quer viajar sozinha(o) mas está encanada(o), uma tremenda sugestão é o https://www.rentalocalfriend.com. Nessa plataforma você pode alugar um amigo no destino que você deseja ir e na língua que você quiser. A iniciativa é da super empreendedora Alice Moura :  )

1234426_647789918574335_842351898_n

https://www.facebook.com/rentalocalfriend

++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias