Minha Vida Sem Photoshop

Dia 99 - O mundo gira quando a fé roda

Gisela Rao

08/06/2015 14h37

uita gente acha o Paulo Coelho cafona e/ou mau escritor, mas eu acho que o seu livro “Alquimista” ainda é a melhor opção para quando você pensa em jogar seus sonhos e esperanças na lata de lixo reciclável. A verdade é que o mundo está virado no Jiraya e isso está fazendo a gente ficar com medo, insegura e desanimada – o que é a pior coisa que pode acontecer tanto pra saúde quanto para a roda da fortuna. Sendo assim, sigo acreditando piamente na frase do livro de Paulo que diz que o “Universo conspira a favor”. E por uma incrível “coincidência” as coisas acabam dando certo.

Semana passada foi ao ar a minha quinta entrevista com o Jô Soares (http://zip.net/bxrpXF)

Foto Paulo Martins

Foto Ricardo Martins

Eu poderia “estar-me-achando”, mas não, eu sou só uma escritora, o Universo, sim, que é um cara sempre generoso.

O Universo ser generoso ajuda muito, mas também ajuda jamais perder a fé no que se acredita, no que se quer, nos valores éticos que a sua mãe ou pai te ensinaram e, principalmente, nunca esquecer de perceber os sinais que estão sempre à nossa volta. E, nossa, como isso anda difícil com esse Katrina de mensagens, informações e pensamentos que inunda a nossa mente.

Ir ao Jô novamente e receber tantos emails de pessoas precisando de um sopro na autoestima, me fez reativar os encontros pessoais do VAE. Será o primeiro de 2015 e nosso tema principal será a Prosperidade Emocional. Porque as emoções ricas como autoconfiança fé, esperança, compaixão, autoestima e alegria são quem fazem o mundo girar. E são elas que a gente quer que sejam eternas (sem deixar, é claro, de respeitar e honrar nossos momentos de tristeza, raiva etc etc ).

Quando bater a paúra, lembre do mantra “O Senhor é meu Pastor e nada me faltará”. Ajuda pra caramba. Se  você não tem uma herança católica como eu, troque por  “Pastor” por Alá, Buda, Bumba-Meu-Boi, Obama, Ibama, Nestor… o que você quiser hehe.

Venha ao encontro do VAE. Será uma imensa alegria rever a(o)s amiga(o)s e conhecer novas e incríveis pessoas!

Fogo eterno - Paula Rocha

Fogo eterno (YAZD) –  Foto Paula Rocha

Para o alto e avante! 

> Todas as pessoas que ajudaram quando precisei pagar as despesas do hospital da gata Cinza são minhas convidadas : ) <

++++++++++++++++++

ENCONTRO DO VIGILANTES DA AUTOESTIMA

Com Gisela Rao e a psicóloga Neiva Bohnenberger sobre Autoestima e Prosperidade Emocional

Dia 20 de junho – sábado – das 15:30 às 18:30h

Bairro Higienópolis – São Paulo

Investimento: R$ 49,00

VAE 30102010 37

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

PALESTRA: GENEROSIDADE. UM PASSO PRA FELICIDADE

Palestra interativa, com Gisela Rao, sobre o poder da ação humanitária na felicidade e na nossa saúde física e mental. Formato para empresas, escolas, hospitais – entre outros.

11262417_883844051664755_3647041084985614627_n

Infos: giselarao@uol.com.br

++++++++++++++++++

Rosinha – o livro do VAE, 

na Livraria Cultura: http://zip.net/bxqCL2 ou http://www.matrixeditora.com.br

 

O divertido diário da escritora que vigiou sua autoestima por 365 dias

Sobre a autora

Gisela Rao é publicitária, escritora e está jornalista. Acredita piamente que a "imperfeição" liberta. A palavra está entre aspas porque, como dizia Buda, o que é certo e o que é errado no universo da ilusão? Leia mais

Sobre o blog

Espaço para - como dizia Nelson Rodrigues: mostrar a vida como ela é, sem pintar pombo de verde e chamar de meu louro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop

Minha Vida Sem Photoshop

Por que trocar a lâmpada ficou mais interessante que nós?

Nos últimos meses, que coincidem com o tempo que não tenho viajado, tenho a estranha sensação de não ter assunto-próprio. Não estou falando do monte de filmes que assisto no Netflix, ou dos assuntos que saem na home do UOL ou do Tiscali.it. Estou falando de assunto próprio, coisas incríveis que vejo ou sinto e que ficam se acotovelando para escorregar no tobogã da garganta para fora. O triste é que percebo que não é só comigo: às vezes vou em almoços ou jantares coletivos onde ninguém tem também assunto-próprio, digo, algo mais interessante do que trocar uma lâmpada quebrada. Assistindo a uma palestra do incrível tarólogo Arhan (sim, nesse dia fui atrás de assunto-próprio!), ele disse uma coisa muito assustadora: “Cada vez menos vejo a carta do “Louco” no jogo de tarô das pessoas. É assustador porque o Louco é a carta ligada a seguir a intuição. Nas palavras do Arhan: “O Louco é o arcano sem número do tarô, está presente em todos os caminhos da nossa jornada pessoal. Ele representa o campo de todas as possibilidades em nossa vida é o momento do salto quântico existencial. Aquele que é capaz de gerar a si próprio. Esta carta não dá valor aos valores dos homens. "O Essencial será sempre invisível aos olhos". O que nos dará a certeza de uma direção segura, nosso norte, será o canal intuitivo, representado na carta por um cachorrinho que tenta avisar o louco do abismo a sua frente. Mas perante aos outros, qualquer atitude ou escolha, neste momento da sua vida, será considerada Louca! Por isso, não dê ouvidos! A caravana passa e os cães ladram…Misture a sua "maluquez" com a sua lucidez, seja livre e siga em frente! Ação a ser tomada: Rever valor para gerar a si próprio”. Então tem um monte de coisas erradas aí, estamos com preguiça, estamos acomodados, estamos sem coragem pra alçar novos voos, pra fazer coisas novas, estamos vendo tv e internet demais. Não acho que as respostas estejam em viajar mais, embora ler o livro “Diários Marroquinos” (Kívia Mendonça) dê um tremendo frio na barriga (ela ficou um tempão no Marrocos viajando sozinhaaaaa de carona). Eu acho que a resposta está em viver mais, reloadar na gente aquela criança curiosa que eramos na infância. Onde está você, Giselinha, que furava o dedo sem medo para ver as células – tão lindas – psicodelicando na plaquinha de vidro no microscópio? "Se o homem persistisse em sua loucura, tornar-se-ia sábio" - William Blake +++++++++++++++++++++++++++++++ giselarao@gmail.com

Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Minha Vida Sem Photoshop
Vigilantes da Autoestima
Minha Vida Sem Photoshop
Vigilantes da Autoestima
Minha Vida Sem Photoshop
Vigilantes da Autoestima
Minha Vida Sem Photoshop
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Vigilantes da Autoestima
Topo